Cinema, Cultura de Paz, Renda Extra, Entretenimento e Defesa Social

A Mostra Competitiva Nordeste que acontecia no Hospital Geral da Mirueira na tarde do dia 19NOV21, foi interrompida por falta de energia elétrica quando era exibido o curta "Cinemas de Rua de Aracaju", de Eudaldo Monção Jr., o segundo da programação.

A votação presencial, pois, deixou de acontecer e a organização do evento considerou ZERO o número de VOTOS PRESENCIAIS.

O vencedor da Mostra Competitiva Nordeste do XIII CineCREED, com 65% dos VOTOS VIRTUAIS foi o filme "Quando as Portas se Fecham", de André Luis Moreira.

   

Filmes Selecionados para as Mostras Competitivas do XIII CineCREED

MOSTRA COMPETITIVA NORDESTE 2021

Programação

01. Minha Arte, Meu Ofício/PE
Direção: Luciano Torres
Duração: 05’00”
Sinopse: A história e a arte de Mestre Walter do Maracatu Nação Raízes de África

02. Cinemas de Rua de Aracaju/SE
Direção: Eudaldo Monção Jr.
Duração: 12’15”
Sinopse: O apogeu, a glória e a decadência dos cinemas que já existiram na capital sergipana sendo revisitados através de carta de lembrança.

03. Muxarabi/CE
Direção: Natália Maia e Samuel Brasileiro
Duração: 18’25”
Sinopse: Em uma oficina metalúrgica no Conjunto Palmeiras, bairro periférico em Fortaleza-CE, Eudes Bonitão vive e trabalha como metalúrgico. Ele faz tudo: portas, janelas e grades. Durante sua rotina de trabalho, cria invenções e reflete sobre a vida.

04. Quando as Portas se Fecham/PI
Direção: André Luis Moreira
Duração: 08’50”
Sinopse: Thales precisa de um emprego mas não consegue e sente na pele as dificuldades, e encara as consequência de um jovem desempregado.

05. A Barca/AL
Direção: Nilton Resende
Duração: 19’00”
Sinopse: Na noite de Natal, duas mulheres conversam numa barca sobre as águas de uma lagoa escura e gelada. Vida e morte viajam com elas na mesma barca, deslizando sobre as mesmas águas. Algo inesperado marcará o fim dessa travessia. Baseado no conto Natal na Barca, de Lygia Fagundes Telles.

06. Florzinha/RN
Direção: Daniel Rizzi
Duração: 08’40”
Sinopse: Os quilombolas de Capoeiras do interior do Rio Grande do Norte sempre contaram para seus filhos e netos a lenda FLORZINHA, o que eles não esperavam, era que de fato ela existe e por conta de algumas armaçōes provocadas pelos meninos da comunidade, ela resolve ressurgir!

07. Aqueles que Estamos Esquecendo/PB
Direção: R.B. Lima
Duração: 10’00”
Sinopse: Em uma visita a sua mãe no sertão paraibano, Reginaldo tece laços através de fotografias antigas, tentando criar conexões com familiares que nunca conheceu e com aqueles cujas lembranças estão se esvaindo

08. Praia dos Tempos/BA
Direção: Luan Santos
Duração: 10’40”
Sinopse: Em uma praia onde as temporalidades se atravessam, Virna experimenta uma jornada de memórias fragmentadas, compartilhamentos e reconciliações consigo mesma.